Uncategorized 31/08/2020 13:32

Paulo Skaf quer Josué Gomes da Silva (Coteminas) como seu sucessor na Fiesp

É presidente da Coteminas e filho do ex-vice José Alencar, com interesses empresariais aqui no RN Eleição ao cargo será em 2021

O presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf, propôs e a diretoria aprovou nesta 2ª feira (31.ago.2020) por unanimidade a data da eleição do seu novo presidente: 5 de julho de 2021.

Skaf fará campanha para que seu sucessor seja Josué Gomes da Silva, dono da Coteminas, cuja sede da empresa é na avenida Paulista, quase em frente à Fiesp.

Aos 56 anos, Josué é sempre citado como possível candidato a presidente ou vice-presidente da República. Ele é filho de José Alencar (1957-2011), que foi vice-presidente de Lula por 8 anos.

Também foram aprovadas na reunião desta 2ª feira (31.ago) na Fiesp as 5 indicações de Skaf para compor a comissão que fiscalizará a disputa:

  • Sydney Sanchez, ex-ministro STF;
  • Ellen Gracie, ex-ministra do STF;
  • Almir Pazzianotto, ex-presidente do TST;
  • Ives Gandra da Silva Martins, advogado constitucionalista;
  • Maria Cristina Mattioli, desembargadora aposentada do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região.
Paulo Skaf, 65 anos, está no 4º mandato. Assumiu a Fiesp em 2004. Já anunciou que não vai concorrer. A gestão atual vai até 31 de dezembro de 2021, ainda que a eleição do sucessor seja em julho.

A Fiesp é a mais poderosa federação industrial do Brasil. Com a data da eleição marcada para 5 de julho de 2021, está deflagrado o processo de sucessão de Paulo Skaf.

A entidade tem poder e capilaridade em processos políticos. Durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff, a Fiesp foi eficaz ao vocalizar críticas que ajudaram a derrubar a petista.

Josué, escolhido por Skaf para sucedê-lo, é sempre citado como possível nome numa chapa presidencial para 2022. Se eleito, terá 1 palanque importante à sua disposição.

O empresário sucedeu seu pai no comando na Coteminas em 1996. Ao longo de 24 anos, foi responsável pelo processo de internacionalização da companhia.

Dona de marcas como Artex e Santista, é hoje é a maior indústria de itens de cama, mesa e banho nas Américas. Tem 15 fábricas no Brasil, 5 nos EUA, uma na Argentina e uma no México.

Nascido em Minas Gerais, Josué vive em São Paulo há 35 anos. Presidiu a Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e Confecção), na qual tem atualmente a posição de presidente honorário. Também foi presidente do Iedi (Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial).

Em 2014, candidatou-se ao Senado pelo MDB de Minas Gerais. Não foi eleito: ficou em 2º lugar, atrás de Antonio Anastasia, então no PSDB e hoje no Podemos.

Deu no Poder369

Ricardo Rosado

Descrição Jornalista