Judiciário 26/08/2020 08:16

30% da população considera trabalho do STF ‘ruim’ ou ‘péssimo’

A proporção dos brasileiros que avaliam o trabalho do STF (Supremo Tribunal Federal) como “ruim” ou “péssimo” passou de 26% para 30% no período de junho a agosto.

A proporção dos brasileiros que avaliam o trabalho do STF (Supremo Tribunal Federal) como “ruim” ou “péssimo” passou de 26% para 30% no período de junho a agosto.

Os dados são de pesquisa PoderData realizada nos dias 17, 18 e 19 deste mês.

Como a margem de erro do estudo é de 2 pontos percentuais, houve variação no limite dessa margem.

A avaliação “ótimo” ou “bom” ao desempenho do Supremo é compartilhada por 19% da população.

Há 2 meses, eram 23% com esse entendimento (de novo, variação dentro da margem de erro).

Os que dizem ser regular o trabalho da Corte passaram de 43% para 42% de uma pesquisa a outra –o que indica nova estabilidade.

Cresceu a predominância do grupo que desaprova a atuação do Supremo em relação àqueles que a aprovam.

Em junho, a diferença entre as opiniões negativas e positivas sobre a atuação do STF era de 3 pontos percentuais (empate técnico). Agora, já chega a 11 pontos percentuais.

A pesquisa foi realizada pelo PoderDatadivisão de estudos estatísticos do Poder360.

A divulgação do levantamento é realizada em parceria editorial com o Grupo Bandeirantes.

Os dados foram coletados de 17 a 19 de agosto, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 2.500 entrevistas em 481 municípios, nas 27 unidades da Federação. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.

Deu em Poder360

Ricardo Rosado

Descrição Jornalista