Prefeitura de Natal 31/07/2020 17:29

Nova unidade da Prefeitura para atender famílias de baixa renda

A Unidade I do Cadastro Único, aberta nesta sexta-feira (31), pela Prefeitura de Natal, através da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas), começará a atender a população das zonas Leste, Oeste e Sul da cidade na próxima segunda(03).

A Unidade I do Cadastro Único, aberta nesta sexta-feira (31), pela Prefeitura de Natal, através da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas), começará a atender a população das zonas Leste, Oeste e Sul da cidade na próxima segunda(03).

A unidade, que estava funcionando provisoriamente no auditório da Semtas, agora está instalada em sede própria na Praça Augusto Severo Nº 260, na Ribeira, próximo à antiga rodoviária.

“Implantamos essa unidade para manter nossa política de descentralização dos serviços, de modo a ampliar o acesso das pessoas a eles e, neste caso específico, facilitar o atendimento aos usuários do Cadastro Único”, explicou o prefeito Álvaro Dias.

“Foi para garantir a facilidade de acesso que nos preocupamos em encontrar, para instalar essa Unidade, um local como a Ribeira, por onde passam de linhas de ônibus e alternativos que rodam toda cidade. O prédio, claro, também está preparado para receber pessoas com dificuldade de locomoção”, acrescentou a secretária Andréa Dias.

O centro de atendimento terá 63 servidores e capacidade para receber 120 usuários por dia, para orientações, cadastro e atualização de cadastros.

O serviço funcionará de segunda a sexta-feira. Inicialmente, o atendimento será em horário reduzido, das 9h às 16h. Será obrigatório o uso de máscaras de proteção e haverá verificação da temperatura com uso do termômetro infravermelho e tapete sanitizador para limpeza dos calçados na entrada, além de disponibilização de álcool 70% em gel.

É através do Cadastro Único que gestores de políticas públicas federais, estaduais e municipais atendem famílias de baixa renda.

Ele é a porta de entrada de diversos benefícios sociais, como o Bolsa Família, o Benefício de Prestação Continuada (BPC), a Tarifa Social de Energia Elétrica, o ID Jovem, a Carteira do Idoso e muitos outros.

Fonte e foto: Assessoria

Ricardo Rosado

Descrição Jornalista