Judiciário 31/07/2020 17:35

Facebook não aceitou censura internacional do STF e vai recorrer

A rede social Facebook se manifestou nesta sexta-feira (31) a respeito da nova determinação do ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal (STF) que estende o bloqueio de perfis de 16 bolonaristas em contas no exterior.

A rede social Facebook se manifestou nesta sexta-feira (31) a respeito da nova determinação do ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal (STF) que estende o bloqueio de perfis de 16 bolonaristas em contas no exterior.

Por nota a empresa afirma que apesar de respeitar as leis brasileiras, vai recorrer da determinação. “Respeitamos as leis dos países em que atuamos. Estamos recorrendo ao STF contra a decisão de bloqueio global de contas, considerando que a lei brasileira reconhece limites à sua jurisdição e a legitimidade de outras jurisdições”.

Ontem, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes determinou, mais uma vez, o bloqueio de contas em redes sociais de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Desta vez, Moraes especificou que o bloqueio se estende a perfis internacionais.

Deu no Diário do Poder

Ricardo Rosado

Descrição Jornalista