Artigo 02/06/2020 09:41

Dá uma vontade danada de apostar

Não defendo a irresponsabilidade sanitária de ninguém.

Não defendo a irresponsabilidade sanitária de ninguém.

Há protocolos que podem muito bem ser seguidos.

Mas desconfio, pela experiência pretérita, que todo e qualquer comerciante que venha a ser multado por desobediência aos decretos de isolamento social, verá emergir um vereador ou um deputado lá adiante propondo anistia total às multas.

Não importa se ela municipal ou estadual.

Em ano eleitoral é que virá mesmo a anistia ampla, geral e irrestrita.

Dá uma vontade danada de apostar.

Ricardo Rosado

Descrição Jornalista