Câmara Federal 23/03/2020 13:40

Fábio Faria defende corte nos salários dos Três Poderes durante pandemia

O deputado federal Fábio Faria (PSD-RN) defendeu neste final de semana, em seu perfil no Instagram, o corte de até 50% nos salários dos Três Poderes durante o surto de coronavírus. “Eu acho que isso deveria ser feito para os Três Poderes, Judiciário, Executivo e Legislativo. Para presidente da República, ministro, secretários de todos os Estados, dos municípios. Enquanto durar essa crise, todos nós cortaremos na carne“, declarou.

O deputado federal Fábio Faria (PSD-RN) defendeu neste final de semana, em seu perfil no Instagram, o corte de até 50% nos salários dos Três Poderes durante o surto de coronavírus.

“Eu acho que isso deveria ser feito para os Três Poderes, Judiciário, Executivo e Legislativo. Para presidente da República, ministro, secretários de todos os Estados, dos municípios. Enquanto durar essa crise, todos nós cortaremos na carne“, declarou.

Leia a transcrição do que disse o congressista:

“Ontem, o Paulo Guedes trouxe uma série de iniciativas importantes sobre jornada e salário, redução de 50% para que as empresas possam sobreviver e trabalhar pela manutenção de empregos, pra não aumentar a escalada do desemprego. E eu recebi em vários grupos: ‘Por que não o Parlamento fazer sua parte e corta na carne?’ Sem demagogia nenhuma, até porque o Parlamento tem aprovado medidas importantes, tem trabalhado em conjunto com o governo. O que o governo pediu, o Parlamento aprovou. Se no caso do trabalhador privado dessas empresas que ganha menos eles estão cortando 50% do salário, eu acho justo. Não só o Poder Legislativo, os deputados e senadores e também nas esferas estadual e municipal, cortarem também ou 50% ou quem ganha mais corta mais, quem ganha menos corta menos. Estamos tendo esse debate no grupo do meu partido, o PSD. E acho que todos nós temos que fazer nossa parte e nossa contribuição. E isso deveria ser feito para os Três Poderes, Judiciário, Executivo e Legislativo. Para presidente da República, ministro, secretários de todos os Estados, dos municípios. Enquanto durar essa crise, todos nós cortaremos na carne. Todas as esferas. Sem nenhuma demagogia ou hiprocrisia, mas temos que fazer com que todo esse recurso economizado seja investido na manutenção do emprego.”

Deu em Poder360

Ricardo Rosado

Descrição Jornalista